Artigos

Empresas locais recebem Selo de Qualidade  do Turismo

Empresas locais recebem Selo de Qualidade do Turismo

23
visualizações

Das 31 empresas paranaenses reconhecidas  pela excelência nos serviços, 12 são maringaenses, sendo que nove pertencem a núcleos setoriais da ACIM

Se é um desafio ser um pequena empresa no Brasil, com a pandemia do coronavírus os obstáculos para o setor do turismo ficaram ainda maiores, com redução do número de voos, restrições de entradas de brasileiros em alguns países, queda de viagens a passeio e a negócios, limitação de hospedagem, entre outros fatores. Mas se depender do comprometimento do setor com a excelência, tudo ficará mais fácil. Afinal, 31 empresas paranaenses, de 13 municípios, foram premiadas com o Selo de Qualidade do Turismo do Paraná, que certifica estabelecimentos com alto padrão de qualidade em relação à gestão e qualidade de serviços. 

Devido à pandemia, os negócios receberam o reconhecimento de maneira virtual, mas até o final do ano poderá ser realizada cerimônia híbrida, com parte presencial, para a entrega oficial do selo.

Segundo a coordenadora estadual de turismo do Sebrae/PR, Patrícia Albanez, o selo traz para o estabelecimento um aumento, em média, de 27% no número de clientes e de 22% no faturamento, de acordo com dados do ano passado. “As empresas com o Selo de Qualidade do Turismo buscam melhorar a performance e gerar um impacto positivo no mercado. Elas apostam em práticas sustentáveis, na valorização do colaborador e possuem uma cultura de inovação que possibilita que enfrentem as adversidades atuais, como a pandemia”, explica.

As empresas passam por processos de adequação dos procedimentos e são submetidas a uma avaliação de conformidade que leva em consideração aspectos relacionados à gestão, atendimento, infraestrutura, oferta de serviço, inovação, sustentabilidade e critérios sociais e econômicos. Após a realização do processo ao longo de um ano, são premiados os estabelecimentos que atingirem nota de pelo menos 80 pontos, de um máximo de 100 em Excelência em Gestão, Roteiro de Análise e Turista Oculto. Ganham o Selo Ouro as empresas com nota superior a 95, já o Selo Prata é voltado para quem obteve entre 90 e 95 pontos e o Selo Bronze, para notas entre 80 e 90 - as avaliações são feitas por um comitê formado por seis entidades, incluindo o Sebrae.

Maringaenses

Das 31 empresas certificadas, 12 são maringaenses, sendo que nove integram núcleos setoriais do Programa Empreender, como Abrasel, Agências de Viagens, Hamburguerias e Franqueadores. Receberam o Selo Ouro: Albadore, Bússola Eventos, Casa da Mãe Joana, Fashion Hall Eventos, Grandtour Viagens e Turismo, King Konfort Hotel e Hotel Ipiranga. Ganharam o Selo Prata: Açaí Beat, Atari Bar e Lanchonete e Horus Cervejaria. E o Selo Bronze ficou com Rock and Honda Temakeria e VQV Eventos.