Artigos

UniCV lança 17 cursos  de graduação

UniCV lança 17 cursos de graduação

433
visualizações

O Centro Universitário Cidade Verde (UniCV) lançou, em agosto, 17 cursos de graduação na modalidade a distância, comemorando os 17 anos de história. Alguns são inéditos para atender novas áreas. Entre as graduações disponíveis estão Investigação Forense e Perícia Judicial; Cidades Inteligentes e Sustentáveis; Despachante Documentarista; Educador Social; Empreendedorismo Educacional; Engenharia de Dados; Gestão de Esporte; Formação em Teoria Psicanalítica e Mídias Sociais e Digitais. Dos novos cursos, há bacharelado, com duração de três a quatro anos, e Tecnológico, com duração de dois a dois anos e meio.

“São áreas que cresceram muito nos últimos anos e com ampla possibilidade de atuação”, diz o diretor acadêmico, Alex Alves.

Além dos cursos inéditos no país, a lista das novas graduações inclui: Administração Pública; Segurança no Trânsito; Design de Produtos; Publicidade e Propaganda; Relações Internacionais; Design de Animação; Segurança no Trabalho; e Gestão do Agronegócio.

Coco Bambu e Paris 6 inauguram em Maringá


Duas redes do segmento gastronômico inauguraram recentemente unidades em Maringá: Coco Bambu e Bistrô Paris 6 (foto), ambos no Shopping Catuaí. O Coco Bambu, que é referência em pratos que levam frutos do mar frescos, recebeu investimento de R$ 6 milhões e gera mais de 150 empregos diretos e indiretos. O restaurante tem 1,2 mil metros quadrados e capacidade para 350 lugares, disponibilizando salão principal, varanda, adega com mil rótulos de vinhos, espaço kids e espaço pet.

A outra novidade é o Bistrô Paris 6, que escolheu Maringá para sediar a primeira unidade da franquia no interior do Paraná. O modelo de operação é no estilo petit bistrô, com cardápio recheado de cafés, bolos, lanches rápidos, doces, porções para compartilhar e seleção de receitas famosas assinadas pelo empresário e fundador da rede, Isaac Azar.

O ambiente da casa segue os padrões dos demais endereços da rede, com arquitetura no estilo vintage, inspirada na Paris dos anos 1920. Com aproximadamente 200 metros quadrados, o restaurante tem capacidade para cem pessoas na área interna.

 

Paratleta maringaense vence prova nacional


Representando Maringá, o paratleta Ricardo Alexandre de Souza ganhou a prova de Três Tambores, na categoria paratambor, no 45º Campeonato Nacional do Quarto de Milha, realizado em julho em Araçatuba/SP. Ele concluiu a prova em 1min41s, recebendo fivela e troféu como prêmios.

Assessor da diretoria técnica da Secretaria de Esporte e Lazer da prefeitura de Maringá e com três graduações no currículo, Souza tem paralisia cerebral, motivo pelo qual realiza fisioterapia. E foi graças a um projeto da fisioterapeuta Cynthia Catarina de Oliveira que a trajetória no paratambor começou. Há um ano Cynthia montou a equipe Anjos de Deus, com quatro integrantes e a ajuda do marido, Amilton Luiz dos Santos, que é treinador do grupo, e um auxiliar técnico – Cíntia é a técnica.

“A sensação de ganhar a competição é muito boa, até porque treinei para isso. É um sentimento de que estou representando o Paraná e especialmente Maringá”, relata Souza. Todos os atletas da equipe, que tem patrocínio da GTFoods e All Hunter, foram premiados no campeonato nacional.

 

Prefeitura reassumirá serviços da Sanepar

Em julho, o prefeito Ulisses Maia recusou a proposta da Sanepar para a renovação de contrato da prestação de serviço de água e esgoto da cidade, no valor de R$ 300 milhões. A justificativa é que a prefeitura quer a redução do valor da tarifa de consumo. Assim, o município, que calcula que anualmente o lucro com a operação na cidade seja de R$ 100 milhões, reassumirá o serviço até a abertura de processo licitatório.

O contrato com a Sanepar está vencido desde 2010. Um ano antes, o Ministério Público ingressou com ação questionando a validade de um aditivo assinado em 1996, que prorrogava a concessão até 2040 em Maringá. O motivo foi a ausência da assinatura do aditivo pelo Poder Legislativo. Após o trânsito em julgado e a baixa no processo, que pode acontecer em setembro, terá início a fase de cumprimento de sentença, quando o município solicitará a retomada dos serviços para abrir processo licitatório.

 

Lei regulamenta  foodbikes

Empreendedores de Maringá podem comercializar produtos alimentícios em bicicletas, as foodbikes, conforme lei nº 11.487/2022, aprovada em julho, que estabelece que os alimentos devem ser produzidos em casa e cumprindo todas as exigências da Vigilância Sanitária. Também serão definidos os locais para a atividade, que necessariamente deve ser itinerante.

Além disso, os vendedores deverão expor em seus veículos a cópia do alvará de funcionamento e o documento original da licença sanitária.

 

Número de MEIs mais  que dobra em 5 anos

Em Maringá, o número de Microempreendedores Individuais (MEIs) mais que dobrou nos últimos cinco anos. No final de 2016 eles somavam 14.633, e hoje são cerca de 39.600, que movimentam R$ 1,8 bilhão anualmente. Com esses números, Maringá é destaque na abertura de MEIs entre as cidades paranaenses com mais de 300 mil habitantes, atrás apenas de Curitiba.

Receita dá desconto para renegociação de dívidas

A partir de 1º de setembro os contribuintes com dívidas com a Receita Federal poderão renegociar os débitos com até 70% de desconto. Isso porque a receita publicou portaria, em 12 de agosto, aumentando os benefícios para quem quer parcelar dívidas tributárias que não estão sob contestação judicial.  Para o público geral, o desconto para a renegociação de dívidas aumentou de 50% para 65%, sendo que para empresas (de todos os portes), o desconto poderá ser de até 70%.

O prazo de parcelamento também foi ampliado: de 84 para 120 meses para o público geral e até 145 meses para empresas. Já o parcelamento das contribuições sociais foi mantido em 60 meses.

Os devedores de impostos ainda não inscritos em dívida ativa poderão apresentar proposta individual de transação ao Fisco, inclusive os que questionam o débito na esfera administrativa ou que tiveram decisão administrativa definitiva desfavorável. Inicialmente os contribuintes que devem mais de R$ 10 milhões ao Fisco poderão apresentar proposta individual a partir de setembro, mas a Receita deverá publicar edital para a transação tributária de dívidas de pequeno valor. As empresas poderão usar os prejuízos fiscais do Imposto de Renda Pessoa Jurídica e a base de cálculo negativa da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) para abater em até 70% o saldo remanescente da dívida após os descontos.


Anymarket adquire startup chilena  


Em julho, o Anymarket, hub de integração de vendasde marketplaces líder na América Latina, adquiriu a Centry, startup chilena. Assim, o  hub passa a atender mais de 2,5 mil lojas integradas na América Latina, oferecendo integrações com Mercado Libre, Amazon, Dafiti, Linio, Ripley, Falabella e Paris. A movimentação leva também à incorporação de mais de 20 colaboradores e quatro sócios, que se juntam ao quadro do Anymarket.

Ainda em julho, o Anymarket, pertencente ao Grupo DB1, com sede em Maringá e que emprega 750 pessoas, concretizou a aquisição da Sagal, hub líder de integrações de marketplaces do Uruguai. Para o CEO do Anymarket, Rodolfo Helmbrecht, as aquisições recentes são o início de uma operação global. “Com a consolidação na América Latina, podemos agora ter uma oferta única para sellers que vendem ou pretendem vender em outros países”, afirma. Os sellers atendidos passam a poder operar em sete países: Brasil, Chile, Uruguai, Argentina, México, Peru e Colômbia; na foto, Ilson Rezende, da DB1, e Juan Francisco Salas Correa, co-fundador da Centry e agora sócio do Anymarket