Artigos

Associado do Mês

Associado do Mês

137
visualizações

No mercado há quase três anos, a Milaser é especializada em gravações a laser. A empresa, que emprega cinco colaboradores diretos e quatro indiretos, nasceu após um ano de pesquisa, segundo o diretor comercial, Bruno Milano. “Tivemos a necessidade de gravações a laser em outra área que atuávamos e não encontramos quem pudesse prestar esse tipo de serviço. Fizemos pesquisas e vimos uma oportunidade de negócio. Foi um ano de estudo e viagens para nos especializarmos”, conta. O nome Milaser é uma junção do sobrenome dos fundadores (Milano) à palavra laser. A empresa atua em dois setores: industrial e consumidor final. No setor industrial, atende indústrias de peças automotivas, torneiras, placas de identificação e codificação de produtos, números seriais, logotipos, lote, código de barras e outros. Já para o consumidor final o foco é a gravação de utensílios como facas, copos, garrafas, joias etc. Além disso, a empresa comercializa facas artesanais, itens para churrasco e brindes de metal e plástico. Entre os planos está expandir o trabalho de gravações a laser para outros tipos de materiais, como madeiras, vidro e couro, além do corte em acrílico e madeira. A empresa fica na avenida José Alves Nendo, 208 - sala 3, Jardim São Silvestre, em Maringá. O telefone é (44) 99153-6163 (WhatsApp).

Recuperação de dívidas 

Meu Nome no Azul é o novo produto do CobOnline. Trata-se de uma plataforma de autonegociação de dívidas que permite às empresas oferecer ofertas de negociação a clientes de forma simples e segura. O serviço faz parte do CobOnline, ferramenta de cobrança disponibilizada pela ACIM em que os empresários têm um canal de recuperação de dívidas. O portal é uma facilidade também para os consumidores com dívidas em atraso, já que eles têm acesso a condições facilitadas de renegociação, seja desconto e/ou parcelamento.

Coordenadorias se reúnem na ACIM 

Representantes das 12 coordenadorias da Faciap se reuniram, online e presencialmente, na ACIM em 17 de dezembro. As lideranças empresariais compartilharam as ações realizadas em cada região do estado e falaram sobre o envolvimento da coordenadoria junto a associações comerciais, visando ao desenvolvimento regional. As coordenadorias são: Cacinor, Cacenorpi, Cacicpar, Cacinp, Caciopar, Cacinpar, Cacercopar, Cacicopar, Cacier, Cacileste, Cacesul e Cacispar.

Doação de brinquedos 

Mais de 4 mil brinquedos novos e usados foram arrecadados pelo Instituto ACIM para a campanha Brinquedo do Bem, realizada em parceria com a RICTV que, no total, arrecadou 10 mil brinquedos. As doações aconteceram até por drive-thru, em 18 de dezembro, com distribuição de pipoca, algodão-doce e presença do Papai Noel. Os brinquedos foram entregues a crianças de baixa renda de Maringá e Sarandi em 21 de dezembro durante o programa Balanço Geral, na hora do almoço.

Inadimplentes crescem 10% no PR 

Dados levantados pela Faciap/SPC Brasil mostram que a inadimplência no Paraná cresceu 10% em dezembro de 2021 em relação a dezembro de 2020. O número ficou acima da média da região Sul (6,9%) e acima da média nacional (5,1%). Em relação a novembro, o número de devedores cresceu 1,3% em um universo de 2,75 milhões de consumidores paranaenses. O valor médio das dívidas de cada consumidor no estado é de R$ 3.876,80 e o tempo médio de atraso é de 26,9 meses. 

Novos associados 

Cerca de cem associados participaram de um evento de recepção às empresas que passaram a fazer parte da ACIM. Foi em 8 de dezembro e contou com palestra sobre ‘Atendimento e vendas: como encantar seu cliente’, ministrada pelo consultor Adriano Cipriano. O evento, que é uma realização da área comercial, tem o objetivo de aprimorar conhecimentos e estreitar relacionamento. A próxima edição será em março.

Luiz Lourenço receberá honraria da ACIM

A ACIM entregará a Comenda Américo Marques Dias a Luiz Lourenço, presidente do Conselho de Administração da Cocamar Cooperativa Agroindustrial. Trata-se da maior honraria concedida pela entidade, entregue apenas a sete pessoas. A data da cerimônia será definida. Referência em cooperativismo e no agronegócio brasileiro, Lourenço ingressou na Cocamar em 1971 como auxiliar operacional, foi gerente-geral, diretor e presidente-executivo. Sob a gestão dele foi implantado um dos maiores parques industriais cooperativos brasileiros, com produção, refino e envase de óleo de soja, extração de óleo de algodão, indústrias de fios de algodão e seda, torrefadora de café e outras estruturas. O parque industrial foi ampliado com a instalação de produção de néctares de frutas e bebidas à base de soja, molhos, maioneses, farinha de trigo, álcool doméstico, rações, fertilizantes foliares e biodiesel. Entre as inovações, a Cocamar realizou testes pioneiros com o biodiesel no Brasil, ingressou no segmento de beneficiamento de sementes e na concessão de máquinas agrícolas. O faturamento no ano passado foi de R$ 9,5 bilhões. O último homenageado com a Comenda Américo Marques Dias, em 2019, foi Antonio Tadeu Rodrigues, presidente do Conselho Comunitário de Segurança (Conseg).

Maringá Liquida 

De 16 a 20 de fevereiro acontecerá mais uma edição da Maringá Liquida, por isso, a ACIM está comercializando kits com bandeirolas, tags, cartazes e raspadinhas para distribuição aos consumidores. A participação na 38ª edição custa a partir de R$ 229, dependendo da data de adesão e tamanho do kit. Realizada pela Associação Comercial e o Sivamar, a campanha terá divulgação maciça na TV, rádio, mídia online, entre outros. Para confirmar a participação e mais informações, o telefone é 0800 600 9595 ou 3025-9603. 
Novamente a campanha distribuirá prêmios. Assim, os lojistas devem conceder uma raspadinha ao consumidor que gastar no mínimo R$ 100. Quem encontrar a raspadinha premiada, ganhará R$ 100 em produtos da loja onde efetuou as compras. São R$ 60 mil em prêmios.
Fiscalização de alvará
Falta ou alvará vencido são as principais irregularidades encontradas pela equipe da prefeitura, que retomou as fiscalizações de atividades econômicas após mais de um ano de suspensão em virtude da pandemia. Os agentes municipais estão visitando as empresas para conferir o alvará de funcionamento e do imóvel, e em caso de irregularidades, são aplicadas notificações, multas e embargos.

Ação contra receptação  
Equipes da Polícia Civil e Guarda Municipal cumpriram, em dezembro, mandados de busca e apreensão em ferros-velhos de Maringá para combater receptadores de fios elétricos de cobre. O trabalho policial foi solicitado durante reunião na ACIM, que contou com representantes da Polícia Militar, Grupamento de Bombeiros, Polícia Civil, prefeito Ulisses Maia, secretário de Segurança Ivan Quartatoli, presidente do Conseg Antonio Tadeu Rodrigues, presidente da Associação Comercial, Michel Felippe Soares e diretores da entidade. A cidade poderá ter lei municipal para multar estabelecimentos que comercializam produtos roubados e penalizar donos de imóveis locados para empresas que vendem esse tipo de mercadoria.

Escola de Negócios
Neurovendas 8 a 10 de fevereiro
Inteligência emocional 9 e 10 de fevereiro
Oratória, a comunicação na profissão 14 a 17 de fevereiro
Departamento Pessoal completo 14 a 23 de fevereiro
CPA 20 - investimento financeiro 14 a 24 de fevereiro
Especialista CEA - investimento financeiro 14 a 28 de fevereiro
Whatsapp Business - estratégias de vendas 15 e 16 de fevereiro
Intensivo em gestão financeira 19 de fevereiro
Gestão de compras e estoque 21 e 22 de fevereiro
Excel prático (nível intermediário) 21 a 24 de fevereiro
Lean office: eliminando desperdícios no escritório 21 a 24 de fevereiro
Atendimento e relacionamento com o cliente interno e externo 22 e 23 de fevereiro
E-commerce: criação e gestão de loja virtual 22 a 24 de fevereiro
Workshop: edição de fotos e vídeos pelo celular 23 de fevereiro