Artigos

O brilho do Natal está de volta

O brilho do Natal está de volta

62
visualizações
Angélica Duarte Michelan, da Dygran: loja mudou de endereço, tem vendas maiores desde agosto e comprou estoque 20% superior ao ano passado, na foto com o sócio, Alexandre Duarte

A mudança de endereço, maior presença nas redes sociais e a retomada econômica estão sendo decisivas para o aumento das vendas na Dygran, especializada em moda plus size. Tanto que mês a mês, desde agosto, o faturamento tem superado o período pré-pandemia em 15%. A loja, que chegou a ter dois funcionários, agora tem quatro, e o otimismo toma conta da equipe.
Segundo a gerente Angélica Duarte Michelan, a nova loja, com mais do que o dobro do tamanho anterior, na mesma rua, tem mais visibilidade e exposição de produtos. A empresa também tem investido em tráfego pago nas redes sociais e comprou estoque 20% maior que no ano passado. “Temos expectativa de vendas boas para este Natal”, conta Angélica. A loja vai investir em outro atrativo, o sorteio de uma mala cheia de roupas em dezembro.
Parte das compras dos consumidores será paga com o incremento de R$ 406 milhões que o 13º salário deve trazer à economia de Maringá, levando em consideração apenas os trabalhadores do mercado formal e ativos – a conta não leva em consideração aposentados e pensionistas.
O valor é 6% superior a 2020. Atualmente, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), Maringá possui 156,6 mil trabalhadores com carteira assinada que serão beneficiados com o rendimento adicional. Em média, cada trabalhador receberá R$ 2.539,61. Comércio e serviços respondem por 74% dos empregos formais e 78% do total de 13° injetado na economia. Os dados são do Conselho de Desenvolvimento Econômico de Maringá (Codem).

Decoração nas ruas

A expectativa de bons negócios é generalizada. Ainda mais depois do Natal atípico de 2020, sem luzes e enfeites na cidade e um cenário preocupante em relação à pandemia. Em 30 de novembro do ano passado os hospitais de Maringá registravam alta taxa de ocupação: os leitos gerais chegaram à marca de 94%, e havia restrições no comércio. Passado um ano, a pandemia ainda faz parte da rotina, mas o cenário é diferente: até meados de novembro mais de 91% da população adulta havia tomado ao menos uma dose da vacina contra a covid-19 e mais de 80% recebeu duas doses ou a dose única.
Segundo a prefeitura de Maringá, o momento ainda pede cautela, mas os indicadores permitem que a ‘Maringá Encantada’ seja retomada. “Faremos uma preparação para retomar o formato de grande evento no Natal de 2022”, afirma o secretário de Inovação, Aceleração Econômica, Turismo e Comunicação, Marcos Cordiolli. 
A programação foi aberta com o acionamento das luzes da decoração nas ruas e a apresentação do espetáculo ‘Vida, Paixão e Ressurreição de Cristo’, com novas passagens, incluindo o nascimento e a infância de Jesus.
No período natalino ainda terão outras atrações, como Feira de Food Trucks, Feira de Artesanato, Feira da Associação Gastronômica, brinquedos infantis e o tradicional trenzinho do Provopar, que sairá diariamente da praça Renato Celidônio até 10 de janeiro. A programação inclui a agenda de espetáculos da Secretaria de Cultura, como o projeto ‘Arte nos Parques e Praças’, com apresentações em espaços públicos; a Virada Cultural em formato online; o Cinema a Céu Aberto; e o Festival Maringá Encantada Gastronômica, um concurso com pratos com tema natalino. Os estabelecimentos participantes deverão ofertar opções com preço fixo de R$ 49,90.
Entre 3 dezembro e 10 de janeiro, o Parque do Japão estará em clima natalino com enfeites e luzes. Em 20 e 22 de dezembro haverá apresentação do Auto de Natal na Praça da Catedral. 

Atrações nos shoppings

No Shopping Catuaí, em volta de uma árvore majestosa de 15 metros de altura, o cenário é preenchido com plantas, árvores e elementos de jardinagem com o formato de símbolos natalinos. O espaço conta com circuito de brinquedos gratuitos, com escorregador, gira-bolas e um piano no chão para ser tocado com os pés. Outra atração é o carrinho nos trilhos que dá voltas e passa por um túnel dentro da árvore de Natal, ao custo de R$ 10.
“Nos últimos meses sentimos a força da retomada econômica, principalmente no Dia das Crianças, e isso nos faz acreditar na força das datas de varejo do segundo semestre, como Black Friday e Natal, por isso, estamos com as expectativas positivas”, afirma a gerente de marketing, Vânia Almeida. Uma das estratégias de vendas é o serviço gratuito de Assistente de Compras, em que o consumidor pode fazer compras por aplicativos de mensagens e receber em casa grátis em um raio de até 30 quilômetros. 
No Maringá Park a inspiração veio dos Contos de Natal: Pinóquio, Quebra-Nozes e São Nicolau saem de livros gigantes para compor o cenário, que conta com presépio, guirlandas, árvores de Natal e, claro, o Papai e a Mamãe Noel. Já no Avenida Center a aposta foi em um ‘recomeço’, traduzido em uma decoração que tem o branco como destaque. “Queremos mostrar que acreditamos que dias melhores estão por vir”, afirma a coordenadora de marketing, Tatiane Girardi. O Shopping Cidade também traz decoração para a data. 

Expectativa de compras

De acordo com levantamento da ACIM, 64% dos maringaenses planejam comprar presentes no final de ano. Dos que pretendem ir às compras, 71% comprarão roupas e 56% terão gastos maiores neste ano. 
A pesquisa aponta ainda que o consumidor deve presentear em média quatro pessoas. Os respondentes indicaram que costumam pesquisar preços antes de comprar, 47% buscam informações diretamente nas lojas e 54% são atraídos por divulgações feitas em redes sociais. Foram ouvidas 404 pessoas no centro da cidade entre 27 e 29 de outubro.